agosto 14, 2022

Atibaia Connection

Encontre todos os artigos mais recentes e assista a programas de TV, reportagens e podcasts relacionados ao Brasil

Venda do Chelsea no limbo pendente de aprovação do governo do Reino Unido

Venda do Chelsea no limbo pendente de aprovação do governo do Reino Unido

O governo britânico ainda não aprovou a venda do Chelsea, clube da Premier League, para um consórcio do Los Angeles Dodgers, co-proprietário, Todd Boehle.

O ex-proprietário russo Roman Abramovich não tem permissão para lucrar com o produto da venda, pois foi sancionado e seus bens foram congelados devido a seus laços com o presidente Vladimir Putin após a invasão da Ucrânia.

Ole: Confusão e atraso na venda do Chelsea afetam mudanças no time
– ESPN + guia de espectadores: LaLiga, Bundesliga, MLS, FA Cup e muito mais

Uma atualização da licença que permite que o Chelsea continue operando como uma empresa é exigida pelo governo para aprovar a aquisição. O clube foi colocado à venda em março e um processo rápido terminou com o Boehly Group escolhendo um novo proprietário em 6 de maio.

A licença expira em 31 de maio e há um risco para a capacidade do clube de continuar operando se nenhum acordo for alcançado sobre a estrutura de venda.

O Chelsea divulgou um comunicado este mês de um porta-voz não identificado de Abramovich, dizendo que não buscaria o reembolso de 1,6 bilhão de libras (US$ 2 bilhões) em empréstimos. O governo ainda quer colocar essa receita em uma conta congelada antes de garantir que ela seja destinada à caridade.

Abramovich disse que esperava que os lucros da venda fossem para 2,5 bilhões de libras (US$ 3,1 bilhões) para caridade, tendo dito anteriormente que iriam ajudar as vítimas da guerra na Ucrânia. O governo quer garantias de que Abramovich não terá voz na escolha da instituição.

A falta de anúncio da nova propriedade ocorre quando a temporada do Chelsea chega ao fim sem a Copa Doméstica Masculina, depois de perder a final da FA Cup para o Liverpool no sábado. A equipe feminina venceu o Manchester City na final da FA Cup no domingo.

READ  Joos Sarros, goleiro do Nashville Predators, deixa Calgary Flames com lesão

Abramovich foi forçado a esvaziar o clube depois que ele foi alvo da campanha do governo britânico contra russos ricos com laços com Putin em fevereiro. Abramovich não condenou a guerra.

Depois de rejeitar várias ofertas concorrentes, o Chelsea concordou em um acordo com um consórcio que inclui Boehly, juntamente com o principal proprietário dos Dodgers, Mark Walter, e o bilionário suíço Hansjorg Wyss e financiamento da empresa de private equity Clearlake Capital.