agosto 18, 2022

Atibaia Connection

Encontre todos os artigos mais recentes e assista a programas de TV, reportagens e podcasts relacionados ao Brasil

O FBI está investigando 25 pinturas de Jean-Michel Basquiat no Museu de Arte de Orlando

O FBI está investigando 25 pinturas de Jean-Michel Basquiat no Museu de Arte de Orlando

A equipe de crimes de arte do FBI está investigando a autenticidade de 25 pinturas de Jean-Michel Basquiat em exibição no Museu de Arte de Orlando, de acordo com uma intimação federal e fontes que falaram com o O jornal New York Times. Os proprietários das pinturas, o diretor e CEO do museu, Aaron de Groft, insistem que são autênticas. Eles citam declarações de especialistas em arte encomendados pelos três proprietários, todos com antecedentes criminais. De Groft e o Anjo afirmam que Basquiat desenhou as obras em papelão e as vendeu para um roteirista falecido, colocando-as em uma unidade de armazenamento. Quando o conteúdo da unidade foi confiscado em 2012, os atuais proprietários compraram as pinturas e alegaram ter comemorado durante o almoço, com o proprietário original dando-lhes um poema impresso comemorando a compra inicial de Basquiat. investigação por o O jornal New York TimesNo entanto, ele questionou o negócio, com um designer que trabalhou anteriormente na FedEx dizendo que a fonte em uma única tela não foi projetada até 1994, seis anos após a morte de Basquiat. Os céticos argumentam que a história de fundo das pinturas é improvável, com amigos do proprietário original dizendo que ele nunca escreveu ou demonstrou interesse em arte contemporânea. Se as pinturas forem originais, valem cerca de US$ 100 milhões, de acordo com uma estimativa da Putnam Fine Art and Antique Appraisals. Embora o objetivo exato da investigação do FBI não seja claro, vender obras de arte sabidamente fraudulentas é um crime federal.

Leia-o em Tempos de Nova York