abril 13, 2024

Atibaia Connection

Encontre todos os artigos mais recentes e assista a programas de TV, reportagens e podcasts relacionados ao Brasil

Lizzo esclarece que não está fora da indústria musical, apenas de ‘energia negativa’.

Lizzo esclarece que não está fora da indústria musical, apenas de ‘energia negativa’.
  • Por Brandon Drennan
  • BBC Notícias

fonte da imagem, Boas fotos

legenda da imagem,

Lizzo aparece na festa do Oscar da Vanity Fair de 2024

A estrela pop americana Lizzo não se tornará famosa tão cedo, como garantiu aos fãs em sua postagem nas redes sociais.

A vencedora do Grammy escreveu “I’m Out” na semana passada, dizendo que estava cansada de ser alvo de alvos online por sua aparência e personagem.

Mas ele esclareceu em um novo vídeo: “Quando digo ‘desisti’, quero dizer que desisti de qualquer energia negativa”.

A estrela pop construiu sua reputação com base na positividade corporal, mas foi acusada de envergonhar uma de suas dançarinas.

A cantora – cujo nome verdadeiro é Melissa Viviane Jefferson – negou as acusações, assim como outras pessoas que entraram com uma ação no ano passado, alegando assédio sexual e um ambiente de trabalho hostil por parte de seus ex-dançarinos.

No post “I'm Out” da cantora no Instagram no dia 30 de março, ela disse que estava “cansada de aturar todo mundo na minha vida e na internet me arrastando para baixo”.

A notícia veio poucos dias depois de ele se apresentar para uma multidão com ingressos esgotados na cidade de Nova York e diante de três presidentes dos EUA.

Um advogado que representa os ex-dançarinos da cantora criticou a decisão de intervir no evento em meio a acusações contra Lizzo.

Em um novo vídeo postado no Instagram na terça-feira, Lizzo tentou esclarecer as coisas.

“A alegria da minha vida que não vou abrir mão é de fazer música, que conecta as pessoas, porque sei que não estou sozinho”, disse ele.

“De forma alguma sou a única pessoa que experimenta aquela voz negativa que é mais alta que a positiva.”

READ  Juiz multa Trump em US$ 5 mil por ameaçar prisão por violar ordem de silêncio