HORTA EM ESPIRAL É SAUDÁVEL, PRÁTICA E PODE SER FEITA EM CASA

Uma horta em espiral ou espiral de ervas é considerada um sistema regido pelos preceitos da permacultura, sistema de planejamento para a criação de ambientes humanos sustentáveis e produtivos em equilíbrio e harmonia com a natureza. Ela pode ser feita com vários tipos de material e ocupa pouco espaço, horizontalmente. As plantas podem ser arranjar de acordo com seu tempo de crescimento e tamanho que podem atingir. Assim, é possível aproveitar melhor o espaço no solo e o espaço aéreo, além do adubo e da irrigação. Além disso, o tipo de horta possibilita uma colheita de frutos relativamente diversos.

Passo a passo

Escolha um local que receba luz solar por pelo menos quatro horas todos os dias e um material disponível. Vale usar tijolos, pedras, seixos, madeira, troncos e até garrafas de vidro vazias. Construa uma espiral que se eleva gradualmente. Deposite terra entre as lacunas internas da espiral, de preferência a terra escura, por ter mais húmus. É aconselhável cobrir parcialmente a espiral com folhas, serragem ou areia, para não obter o crescimento de ervas daninhas.

vegetais

Agora, escolha as plantas que serão usadas no projeto. No topo da espiral devem ser colocadas espécies que necessitam de mais sol e menos água, como arruda, melissa, lavanda, alecrim, babosa e outras suculentas. O meio da estrutura deve receber os vegetais que não gostam muito de sol e preferem um solo com pouca umidade, como morangos, malvas, tomatinhos cereja, cebolinha e salsa. Na parte de baixo, devem ser plantadas as que podem receber menor incidência de luz solar e concentra a maior parte da umidade, como gengibre, tomilho, manjericão, hortelã, mil folhas, entre outros.

Manutenção

Para manter a espiral bonita e saudável, é preciso ter cuidado com a irrigação. O solo deve estar sempre úmido, regado dia sim, dia não ou até duas vezes ao dia.

Além disso, a fertilização e a poda são bem importantes. O ambiente é reduzido, logo, é necessário fertilizar a terra a cada nova estação. E a poda colabora para que uma espécie não ocupe o lugar da outra, sempre dando preferência a poda em luas mais escuras.

Fonte: thegreenestpost.com.br

Comentários

comentários

Fique por dentro das novidades!

receba nossos artigos:

Send this to a friend