junho 18, 2024

Atibaia Connection

Encontre todos os artigos mais recentes e assista a programas de TV, reportagens e podcasts relacionados ao Brasil

Anúncios ao vivo do Estado da União: Biden discursará no Congresso

Biden se dirigirá à nação na noite de terça-feira com uma votação esmagadora.

Trinta e sete por cento dos adultos americanos concordam com a maneira como ele lida com seu trabalho, enquanto 55 por cento se recusam. Pesquisa do Washington Post-ABC News. Estas são as piores pontuações que ele recebeu em uma pesquisa após a votação desde que assumiu o cargo.

Biden recebe pontuações negativas em várias frentes importantes, incluindo a economia, o vírus corona e a situação envolvendo Rússia e Ucrânia.

Trinta e sete por cento concordam que ele lida com a economia, enquanto 58 por cento não. Quarenta e quatro por cento concordam que ele lidou com o vírus corona e 50 por cento discordam. 33 por cento aprovam seu tratamento da situação envolvendo Rússia e Ucrânia, enquanto 47 por cento discordam.

Quando perguntados se Pitney poderia ser confiável na crise, 43% disseram que sim e 52% disseram que não. Esses resultados são semelhantes aos do presidente Donald Trump no início de 2017, mas piores do que os do presidente Barack Obama em 2009 e 2014.

Quase metade diz que a liderança dos EUA no mundo enfraqueceu sob o Python (48%), enquanto 23% dizem que se fortaleceu e 26% dizem que permanece. Em 2017 e 2018, entre 47% e 53% dos americanos disseram que a liderança dos EUA sob Trump era fraca.

O Pesquisa pós ABC De 20 a 24 de fevereiro a amostra nacional de 1.011 adultos entrou em contato por telefones celulares e fixos. A margem de erro é a adição ou subtração de quatro pontos percentuais ao resultado geral.

A taxa fiduciária é ligeiramente pior na recente pesquisa pós-ABC do que a média mais ampla pós-pesquisa do referendo de fevereiro. Esse número é 42% positivo e 53% negativo.

READ  Benzema e Putellas ganham Bola de Ouro para os melhores jogadores do mundo