A programação infantil e juvenil da 5ª edição da Virada Sustentável oferece diversas atividades gratuitas entre os dias 27 e 30 deste mês, com oficinas, teatro, contação de histórias, circo, feiras de trocas e apresentações musicais, em parques, escolas, CEUs, Fábricas de Cultura e bibliotecas espalhadas por toda a cidade de São Paulo.

Na Praça Victor Civita, em Pinheiros, as atividades ficam por conta do projeto “Reciclo Musical”, do Movimento Vivá. Com estreia na Virada e apresentações até dezembro, a proposta conta com shows musicais (todos com tradução em libras e shake – plataforma vibratória para surdos) que ocupam a praça, sempre às 16h: Mawaca para crianças (dia 29, sábado) e Tiquequê (dia 30, domingo). Antes dos shows, os interessados poderão participar de oficinas e brincadeiras primárias (29 e 30), feiras de troca de brinquedos (29) e de livros e gibis (30).

A programação musical continua com a Banda Bloquinho no Museu da Casa Brasileira. Liderada pelo mestre Carlos Sant´Anna, mais conhecido como “Negão da Serrinha”, e mais oito músicos (Mestre DaLua e Samba Sam na percussão, André Kurchal na bateria, Marcelo Kurchal na guitarra, Gustavo Sousa no Trompete, Edy no Trombone e Juliano Juba no vocal), a banda se apresenta no dia 29, às 11h. No repertório, músicas brasileiras como “Fico Assim Sem Você”, “A Banda”, “Marinheiro Só”, “Meia Lua Inteira“, “Sonífera Ilha” e “O Sapo Não Lava e Pé”, dentre outras.

Já o Parque da Água Branca recebe a “Mostra Anual de Teatro Infantil Sustentável (Matis)”. Realizado pelo Movimento Vivá, a mostra vai até outubro e, na Virada, traz o espetáculo “Mulambolambo” (29 e 30, às 11h e 15h), com áudio descrição e tradução em libras. Ingressos disponíveis uma hora antes de cada sessão.

Para jovens, crianças (e adultos) que queiram colocar a mão na massa, a Virada Sustentável preparou uma série de atividades nos parques Villa Lobos e da Juventude. No primeiro, o destaque vai para a oficina “Minichefs em ação”. Realizada no sábado (29), às 11h, os participantes são convidados a elaborar, de maneira lúdica, receitas com alimentos naturais, aproveitando partes que costumam ser descartadas, como talos e cascas. Quem estiver pelo parque poderá ainda conferir a maratona de teatro, que acontecerá na Biblioteca Villa Lobos, no dia 29 de agosto, com sessões às 10h, 12h e 14h.

Já o Parque da Juventude reunirá mais de 20 oficinas de Permacultura (com confecção de mobiliários e tintas ecológicas), Gravura e Stencil, além de feira de livros e brinquedos. Outro destaque são as oficinas que acontecem no Centro Cultural São Paulo (CCSP). No dia 29, sábado, o público poderá participar da oficina de Cinema do Instituto Querô (às 13h); Meliponicultura (às 10h) e Stencil e origami (às 11h).

A programação do Parque Ibirapuera, no dia 29, é assinada pelo projeto “Meu Ibira”, que tem como destaque as apresentações circenses “Circo do jeito que dá” (11h) e “Gira Circo” (15h).

No mesmo dia, mas no Largo da Batata, às 12h,a área recebe uma oficina de Horta Comunitária. Já no final do dia, às 19h, o público poderá experimentar uma vivência fantástica: “O que nos contam hoje as histórias de ontem”, uma roda de leitura de contos de diversas tradições orais – de sufi, a budista; de hindu a árabe. A atividade, mediada pelo escritor e educador Marcelo Maluf, acontece ao redor de uma fogueira.

A programação completa está disponível em: http://bit.ly/infantojuvenilVS2015

Fonte: viradasustentavel.com