Fundado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o festival “É Tudo Verdade” constitui o principal evento do gênero na América Latina e é uma oportunidade significativa de estimular a capacidade de perceber os muitos olhares possíveis sobre a realidade. Em sua 24º edição, o Festival Internacional de Documentários aconteceu em abril na cidade de São Paulo e chega agora, em formato itinerante, ao Sesc Jundiaí e outras unidades do interior do estado (Araraquara, Sorocaba, Santos, São José dos Campos). Trata-se de uma seleção especial de seis filmes – brasileiros e internacionais – inéditos no Brasil, escolhidos para espelhar a essência do festival.

Imagem: Reprodução

Para o Sesc São Paulo, o festival é uma maneira de estimular a produção, a criação, a difusão e a fruição de conteúdos audiovisuais que propõem narrativas em diálogo com o real, seja representando-o, seja refletindo sobre suas nuances.

No Sesc Jundiaí, a programação começou nessa terça, dia 7, com o longa brasileiro ‘O Barato de Iacanga’ e a produção belga ‘Carta a Theo’. Já nas próximas terças, dias 14 e 21 deste mês, às 18h e às 20h, tem novas sessões duplas. Os ingressos são gratuitos e a retirada de ingressos começa uma hora antes do início da sessão, na Central de Atendimento.

E, ainda em maio, além da programação do festival, o cinema do Sesc Jundiaí oferece aos amantes da sétima arte a chance de conferir na telona o clássico ‘Laranja Mecânica’, do diretor Stanley Kubrick.

O Sesc Jundiaí fica na Av. Antonio Frederico Ozanan, 6600. Informações: (11) 4583-4900.

SESC Jundiaí (Reprodução)

Confira a seguir, a programação completa na unidade:

É Tudo Verdade – 24º Festival Internacional de Documentários

Exibição de obras selecionadas da última edição do Festival, que se dedica exclusivamente ao gênero documentário com filmes nacionais e estrangeiros sobre diversos temas relevantes às discussões contemporâneas.

Teatro | 220 lugares | Grátis | Retirada de ingressos 1h antes, na Central de Atendimento

A LIBERDADE É UMA PALAVRA GRANDE

Dir.: Guillermo Rocamora.URU/BR, 2018, 73 min.

Depois de ter passado 13 anos na prisão americana de Guantánamo, um palestino de 38 anos vai ao Uruguai, em busca de uma nova vida.

Dia 14. Terça, 18h | 12 anos

Foto: Reprodução

MARCELINE. UMA MULHER. UM SÉCULO

Dir.: Cordelia Dvorák.FRA/HOL, 2018, 58 min.

Encontro com a escritora e cineasta francesa Marceline Loridan-Ivens (1928-2018), companheira do holandês Joris Ivens (1898-1989), com quem dividiu a vida e o trabalho.

Dia 14. Terça, 20h  | 

Foto: Reprodução

MARIA LUIZA

Dir.: Marcelo Díaz. BRA, 2019, 80 min.

Maria Luiza da Silva é a primeira militar reconhecida como transexual na história das Forças Armadas brasileiras. Após 22 anos de trabalho como militar, foi aposentada por invalidez.

Dia 21. Terça, 18h | 12 anos

Foto: Reprodução


ZIVA POSTEC. A MONTADORA POR TRÁS DO FILME ‘SHOAH’

Dir.: Catherine Hébert. CAN, 2018, 92 min.

Entre 1979 e 1985, a montadora israelense Ziva Postec trabalhou com o documentarista francês Claude Lanzmann (1925-2018) no projeto que resultou no clássico “Shoah”.

Dia 21. Terça, 20h | 12 anos*

Foto: Reprodução


LARANJA MECÂNICA

Dir.: Stanley Kubrick. EUA/UK, 1972, 136 min.

No futuro, o violento Alex, (líder de uma gangue de delinquentes que matam, roubam e estupram, cai nas mãos da polícia. Preso, ele recebe a opção de participar em um programa que pode reduzir o seu tempo na cadeia. Alex vira cobaia de experimentos destinados a refrear os impulsos destrutivos do ser humano, mas acaba se tornando impotente para lidar com a violência que o cerca.

Dia 28. Terça, 19h30 | 18 anos

Foto: Reprodução

O Sesc Jundiaí fica na Av. Antonio Frederico Ozanan, 6600. Informações: (11) 4583-4900.

Informações à Imprensa: Rafael Castori – SESC Jundiaí

Deixe uma resposta