Segue aberta no Museu Olho Latino a mostra “Transmutação da Verdade”, no município de Atibaia. A exposição integra a 8ª Bienal do Esquisito que também está exposta no “Centro Cultural Brasil – Peru” em Lima, com o nome “Bienal de lo Inusitado”. Em Atibaia, a mostra estará disponibilizada até o dia 31 de janeiro de 2020.

Imagem: Divulgação

A proposta é uma reflexão visual sobre a “Verdade” em nossos dias, de como ela é transpassada pelos meios de comunicação e redes sociais, e como convivemos em nosso cotidiano com o misto de verdade e mentira na profusão de imagens, notícias e comentários em nossas vidas. Desta forma, o visitante pode conferir as possibilidades técnicas da xilogravura e linogravura como senso popular e, ao mesmo tempo, exótico e contemporâneo na criação das obras com personagens fictícios.

Foto: Reprodução

O tema “Transmutação da Verdade” serviu como mote criativo para os expositores peruanos e brasileiros e foi um importante estímulo para a realização dos trabalhos em exposição. Para participar da II Bienal de lo Inusitado no CCBP, o Museu Olho Latino fez um videoarte de seu Coletivo de Artistas sobre as obras que estão sendo expostas em Atibaia. O videoarte traz o questionamento de cada expositor sobre a sua “Verdade”, mostrando um resultado “inusitado” na sequência das criações. Já, representando o Peru será exibido videoarte dos artistas Olga Flores, Paola Vela, Rodrigo Ramos, José Carlos La Torre Pallete, entre outros.

Foto: Reprodução

A entrada é gratuita e a mostra pode ser visitada de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, até 31 de janeiro de 2020.

Serviço:
Exposição: “Transmutação da Verdade”- 8ª Bienal do Esquisito.
Abertura: 13 de dezembro, às 18h.
Período da mostra: 13 de dezembro de 2019 a 31 de janeiro de 2020.
Visitação: de segunda a sexta-feira, das 09h às 16h.
Curadoria: Paulo Cheida Sans.
Expositores:
Coletivo Olho Latino: Alex Roch, Bruno Nitz, Celina Carvalho, Cibele Marion Sisti, Larissa Leite Zanandréa, Maricel Fermoselli, Mathias Reis, Paulo Cheida Sans, Suely Arnaldo e Tiago Rego.
Ateliê Livre de Gravura da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás: Adriana Mendonça, Célia Gondo, Dóris Pereira, Helder Amorim, Ilda Santa Fé, Luciene Lacerda, Paulo Caetano, Roger Di Machado, Simone Simões, Veronica Noriega, Vinícius Yano e ZéCésar.
Peru: Olga Flores e Paola Vela, da Faculdade de Arte da Pontifícia Universidade Católica do Peru, Rodrigo Ramos, José Carlos La Torre Pallete e outros.
Local: Museu Olho Latino – Centro de Convenções e Eventos “Victor Brecheret”.
Endereço: Al. Lucas Nogueira Garcez, 511 – Parque das Águas – Atibaia, SP.
Realização: Museu Olho Latino e Secretaria de Cultura – Prefeitura da Estância de Atibaia.

Informações à Imprensa: Paulo de Tarso Cheida Sans – Museu Olho Latino

Deixe uma resposta