Atibaia ganha uma ótima notícia voltada ao meio ambiente. O Parque Estadual do Itapetinga e o Monumento Natural Estadual Pedra Grande serão protegidos a partir de agora pela Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo. A medida, anunciada na última segunda-feira, dia 14, pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da parceria entre a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a Secretaria de Meio Ambiente, visa diminuir a quantidade de queimadas e degradações nos locais.

A decisão foi tomada após o grande incêndio que ocorreu no Bosque dos Eucaliptos, região da Pedra Grande, em Atibaia. De acordo com a Fundação Florestal, órgão que administra os parques estaduais, o fogo atingiu uma área de 40 hectares. Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado e as investigações estão sendo feitas pela Polícia Militar Ambiental e pelo Governo do Estado de São Paulo.

Com a presença da Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo, que tem equipamentos e a legitimidade para o uso da força necessária, será possível aumentar a segurança pública dos parques, reprimindo atividades criminosas (queimadas, tráfico de animais, caçadores, ocupações irregulares, entre outros), fiscalizando o uso dos equipamentos, além de aumentar a prevenção e a repressão das infrações contra o meio ambiente.

A Pedra do Coração, em Bom Jesus dos Perdões, integra o Parque Estadual do Itapetinga
A Pedra do Coração, em Bom Jesus dos Perdões, integra o Parque Estadual do Itapetinga


Parque Estadual do Itapetinga

Criado em 2010, o Parque Estadual do Itapetinga tem uma área de mais de 10 mil hectares de área preservada e é situado nos municípios de Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Mairiporã e Nazaré Paulista. Integrante do mosaico de unidades de conservação Contínuo Cantareira, recebe proteção pelos remanescentes de floresta da Serra do Itapetinga.

Monumento Natural Estadual Pedra Grande

Principal ponto turístico de Atibaia, o Monumento Natural Estadual Pedra Grande pertence ao mosaico de unidade de conservação do Parque Estadual do Itapetinga e foi tombado pelo CONDEPHAAT em 1983. Com 1.418 metros acima do nível do mar, tem afloramento rochoso, é conhecido por sua beleza contemplativa, além de ter uma das principais rampas naturais do país para a prática de voo livre.

Fonte: Prefeitura da Estância de Atibaia