O Instituto Entrando em Cena encerra mais um ano de atividades em Bragança Paulista com ótimo resultados e uma grande novidade. A partir de 2018 atuará em um local próprio, o “Espaço Cultural Entrando em Cena”.

Atuando na cidade desde 2012, a partir da formação artística de jovens de 13 a 24 anos, em 2017 o Entrando em Cena ofereceu, com o projeto Primeiro Ato, oficinas gratuitas de teatro, dança contemporânea e circo, nas modalidades de aéreos e malabares.

Além disso, com o Segundo Ato, ofereceu dois ateliês de criação e fomentou cinco grupos formados por jovens que se iniciaram nas arte cênicas dentro do Instituto: Trupe Du-arte, Núcleo Bagaceiros, The Fools, Nio Far e Khamai, e ainda, o Batuque de Okan, formado a partir das oficinas de cultura popular.

03

No total, com estes dois projetos de formação artística, mais o Entrando em Cena no Mundo, que atua na formação de empreendedores socioculturais, e o Entrando em Cena Convida para Transver, que atua na formação humana, 150 jovens foram atingidos diretamente pelas oficinas oferecidas pelo Instituto. O que resultou no Entrando em Cena Mostra Tudo, ação que  tem como objetivo apresentar ao público tudo o que foi produzido no decorrer do ano pelo Instituto Entrando em Cena. Foram nove dias de apresentações, em três locais diferentes: na Lona de Circo na Arena do Lago, na Praça Jacinto Osório e no Centro Cultural Geraldo Pereira,  ambos no bairro do Matadouro.

Foi mobilizada uma equipe de 35 profissionais diretos e cerca de 25 empresas fornecedoras de produtos e serviços para as apresentações de 18 grupos artísticos participantes, sendo oito grupos convidados  e dez grupos do Entrando em Cena, em um total de cerca de 170 artistas envolvidos.

O público atingido foi de aproximadamente 2.100 pessoas, que puderam apreciar, gratuitamente, 22 apresentações de circo, teatro, música e dança, dezenas de performances artísticas, duas sessões de cinema e uma roda de conversa sobre arte com a presença de dez artistas e produtores culturais convidados.

01

A Mostra Tudo também promoveu a  democratização do acesso à cultura, acessibilidade e formação de público, através da realização de seis espetáculos para cerca de 500 alunos de três escolas públicas da cidade, além 100 crianças, jovens e adultos de três instituições sociais, sempre com mediação realizada ao final das apresentações, inclusive com interpretação-tradução em libras.

Espaço Cultural Entrando em Cena

O Instituto Entrando em Cena trabalha sob o conceito da arte transformadora, aquela capaz  capaz de despertar na juventude o desejo de transformar a si mesma e transformar a comunidade em que vive, utilizando as artes cênicas como principal linguagem artística.

Nos últimos cinco anos o Entrando em Cena conquistou e alçou diversos vôos ao lado dos jovens artistas, profissionais da equipe, patrocinadores e parceiros, atuando em Bragança Paulista e também em Atibaia.

Mais de 700 jovens participaram dos projetos de formação artística, humana e sociocultural, foi fomentada a criação de oito novos grupos artísticos e suas pesquisas,  incentivados e orientados 30 projetos culturais de jovens empreendedores a fim de mudar o mundo,  promovida a formação de plateia atingindo mais de 15 mil espectadores por meio de cerca de 100 apresentações realizadas e investidos cerca de R$2 milhões no setor cultural, em ações sociais sempre gratuitas, captados junto às empresas privadas.

Agora o Instituto Entrando em Cena parte para a realização de mais um sonho: ter um espaço cultural próprio. Para isso, é preciso um lugar adequado, um espaço que seja sede e que continue promovendo a formação cultural, artística e humana, assim como o encontro entre educandos, artistas e a comunidade, o encontro entre as diversas artes e grupos artísticos da cidade, da região, do Brasil.

04

Um espaço democrático de fato, que acolha a enorme diversidade da nossa sociedade, e os anseios dos nossos jovens artistas e produtores culturais, que vivem com um desejo em comum: o de fazer uma arte engajada e transformadora.

Para isso, o Entrando em Cena precisa da colaboração de todos e, por isso, criou uma campanha de financiamento coletivo, em que cada pessoa pode contribuir com o valor que lhe for apropriado. A ideia é co-criar o “Espaço Cultural Entrando em Cena” coletivamente, espaço este que tem o objetivo de se tornar mais um centro cultural para a cidade de Bragança Paulista,

Para colaborar basta acessar o link  https://benfeitoria.com/entrandoemcena. Qualquer valor é bem vindo, no entanto, as  doações a partir de $15 recebem recompensa.

Para saber mais sobre o Instituto Entrando em Cena e tirar dúvidas sobre a campanha ou, é só entrar em contato pela página https://www.facebook.com/institutoentrandoemcena

06

Fonte: Shel Almeida, Ass. de Comunicação