A Dobrada Cultural de Atibaia, que acontece entre os meses de março e abril, permite uma série de interações e reflexões ao público nos diversos pontos culturais da cidade. As exposições “Modelando O Feminino” e “Permita-se” são abertas ao público e convidam os participantes a mergulharem no universo feminino, na sua força e suas delicadezas. As exposições são realizadas no Centro Cultural André Carneiro e Casa da Cultura Jandira Massoni, respectivamente.

Imagem: Reprodução

“Modelando o Feminino”, do Coletivo Ceramistas de Atibaia, aberta ao público no último dia 7, apresenta cerca de 35 peças de diferentes estilos dentro da cerâmica: modelagem livre, modelagem em placas e pintura sobre cerâmica. A exposição busca trazer para o material o sentido, as visões e os múltiplos aspectos do ser feminino. Modelando a argila bruta e a transformando num sutil poema de expressão visual, é possível um passeio na história figurativa da mulher, suas curvas, expressões e emoções, buscando ampliar a percepção e provocar maior reflexão sobre o papel e consciência da mulher. A exposição segue aberta até o dia 8 de abril, no Centro Cultural André Carneiro.

Foto: Reprodução

Com a proposta de trabalhar a “fotografia da alma”, a fotógrafa Ana Cris Aur assina a exposição “Permita-se”, inaugurada neste dia 8, na Casa da Cultura Jandira Massoni. Ana Cris, através de suas lentes, retrata a beleza, a incompletude, as cicatrizes e versões femininas, além do “sagrado” corpo feminino, a beleza da alma. “Permita-se” estará aberta ao público até o dia 30 de abril.

Serviço:

* Modelando O Feminino – até 8 de abril – de terças a sextas-feiras, das 9h às 17h e sábados e domingos, das 11h às 17h – Centro Cultural André Carneiro.
* Permita-se – até 30 de abril – de segundas a sextas-feiras, das 9h às 17h – Casa da Cultura Jandira Massoni.

Informações à Imprensa: Prefeitura de Atibaia

Deixe uma resposta