Edith Cultura traz diversas atividades no último final de semana de abril. Neste sábado, dia 27 de abril, às 15h, o quadrinista José Aguiar participa de bate-papo.

Foto: Reprodução

Essa é uma oportunidade para que os interessados pela linguagem possam se juntar para trocar experiências e conhecer um artista que se dedica integralmente aos quadrinhos, construindo sólida carreira profissional.

A atividade é continuidade da programação que acontece no Instituto Garatuja, em Atibaia, que conta com palestra e workshop com o artista.

Foto: Da Flor Comunicação

No domingo, dia 28, as 16h20, a Trupe Du-arte promove o Closet Aberto. O evento apresenta roupas, sapatos, acessórios e livros disponíveis para venda e locação com a proposta da lógica de consumo consciente e coletiva, buscando trazer mais personalidade expressividade através da moda sem pagar caro por isso. Em paralelo, acontece discotecagem com o DJ Slow.

Foto: Reprodução

Também no domingo, as 19h30, acontece o encerramento da Mostra de Cinema Indígena, com a exibição do longa “Xapiri”. Filme experimental, inspirado no xamanismo yanomami, teve as imagens registradas por ocasião de dois encontros de xamãs na aldeia de Watoriki, Amazonas, em março de 2011 e abril de 2012.

Foto: Da Flor Comunicação

Entretanto, o trabalho realizado sobre estas imagens escapa do registro documentário a fim de produzir uma simulação tecnológica livre a partir do universo visual e conceitual do xamanismo yanomami.

Foto: Reprodução

Após a exibição, Anahy Verde, co-curadora da Mostra e antropóloga em formação conversa “Construção do Outro”. Todas as atividades são gratuitas com contribuição voluntária.

O Edith Cultura fica na Rua Cel. João Leme, 229, Centro, em Bragança Paulista.

Foto: Da Flor Comunicação

Deixe uma resposta