No dia 28 de junho, a Administração Municipal de Bragança Paulista recebeu a notícia de que a cidade conquistou a qualificação para certificação no Programa Município VerdeAzul – PMVA, com o índice de Avaliação Ambienta para a Qualificação da Certificação – IAAQC superior a 40 pontos. Tal conquista foi possível após trabalhos na área ambiental serem intensificados em Bragança Paulista.

Dos quase 600 municípios inscritos no PMVA, somente 162 conseguiram qualificação na pré-certificação e Bragança Paulista está entre esses municípios, qualificada com 54,22 pontos, superior ao mínimo de 40 pontos.

Programa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o Programa Município VerdeAzul tem o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios. Assim, objetivo principal da PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do estado de São Paulo.

A participação de Bragança Paulista no PMVA é um dos critérios de avaliação para a preferência na liberação de recursos do Fundo Estadual de Controle da Poluição – FECOP. A preferência na obtenção de recursos oriundos do Fundo Estadual de Prevenção da Poluição – FECOP, será concedida ao Município solicitante que obtiver melhor classificação nas listas de Evolução, de Qualificação para a Certificação e na da Certificação Final.

As ações propostas pelo PMVA compõem as dez Diretivas norteadoras da agenda ambiental local, abrangendo os seguintes temas estratégicos: Conselho Ambiental, Arborização Urbana, Biodiversidade, Estrutura Ambiental, Educação Ambiental, Esgoto Tratado, Estrutura e Educação Ambiental, Gestão das Águas, Município Sustentável, Qualidade do AR, Resíduos Sólidos e Uso do Solo.

O Programa Município VerdeAzul – PMVA publica anualmente o Ranking Ambiental dos municípios paulistas com o Indicador de Avaliação Ambiental – IAA. O indicador é disponível aos agentes públicos e a toda a população, servindo como instrumento auxiliar de promulgação e execução de políticas públicas ambientais, de acordo com as características locais específicas de cada município, além de nortear a formulação de políticas públicas.

As ações continuam e serão avaliadas no final do ciclo, sendo certificados os municípios cuja nota final resultante do cálculo do Índice de Avaliação Ambiental da Certificação – IAAC, for igual ou superior a 80 pontos.

Informações à Imprensa: Prefeitura de Bragança Paulista

Deixe uma resposta