Prefeitura de Atibaia promoverá visitações com todas as turmas da Educação Infantil da rede municipal de ensino, beneficiando mais de 1.800 alunos

Mais de 1.800 alunos da rede municipal de ensino de Atibaia farão visitas gratuitas à Cidade do Livro, em São Paulo, para que possam vivenciar, de uma forma especial, o mundo da leitura. A primeira de diversas visitas aconteceu no início desta semana, em uma ação que integra o “Projeto Ler e Escrever: Fonte do Saber”, da Prefeitura de Atibaia, e que teve como objetivo principal estimular o interesse pela leitura nos estudantes.

As visitas são financiadas pela Prefeitura e não geram custos aos familiares dos alunos. Elas foram iniciadas pela Educação Infantil, com estudantes dos quintos anos da EMEI Florêncio Pires de Camargo e EMEF Profª Maria José Cintra Santos. Ao longo das próximas semanas, a Secretaria de Educação promoverá novas visitas com as demais escolas.

Segundo a Secretaria de Educação do município, foi a primeira vez em que os alunos do Infantil V participaram deste passeio mágico e especial, repleto de conhecimento e diversão, com mistérios e aventuras. Conforme a Pasta, a jornada é marcada descobertas e encantos que despertam o interesse pela leitura e pelos livros do início ao fim, consistindo-se em uma experiência que antes era vivenciada apenas por alunos de escolas particulares, porém que hoje também é uma realidade para os alunos da rede municipal de Atibaia.

A Cidade do Livro foi fundada em 1997, na cidade de São Paulo, sendo uma iniciativa na área educacional que visa ajudar a formar o hábito da leitura desde cedo. Com espaço cenográfico tematizado onde milhares de crianças podem se divertir todos os anos, a Cidade do Livro apresenta diversos ambientes que são distribuídos ao longo de uma área de dois mil metros quadrados. O apelo visual é forte para atrair os visitantes, e estes aprendem sobre a importância dos livros, além de serem debatidos temas como saúde, meio ambiente, pluralidade cultural, ética e cidadania.

Informações à Imprensa: Prefeitura da Estância de Atibaia

Deixe uma resposta