Estudantes de uma escola municipal de Bom Jesus dos Perdões, no interior de São Paulo, plantaram mil mudas de reflorestamento no parque do Itapetinga na cidade. No início do mês, um incêndio queimou uma área equivalente a 322 campos de futebol.

Parte do sítio atingido pertence ao produtor rural Alberto Santos e o prejuízo foi grande tanto para a vegetação quanto para a fauna. “Nós trabalhamos três dias para apagar o fogo e é uma situação triste. Presenciamos cobras mortas, siriemas que queimaram os pés e saíram correndo das matas, macacos. Para nós, que vivemos ao lado da natureza e conhecemos como é, é uma sensação muito triste”, contou.

As mudas foram todas doadas e a expectativa é que entre 5 e 10 anos, a área volte a ser como era. “Além da gente restaurar esse solo que foi prejudicado, as crianças ficam felizes em participar do replantio e saem com a consciência da importância que isso tem”, afirmou a organizadora do projeto, Karina Moura.

“Aprendemos a preservar a natureza, a não botar mais fogo, a não fazer queimadas, não jogar lixo no meio ambiente, tudo isso”, disse o aluno Athaide Almeida, de 10 anos, que participou do plantio.

Na sexta-feira (29), um incêndio voltou a atingir o parque, em uma área próxima à Pedra Grande, em Atibaia. A queimada foi controlada no período da tarde, após atingir uma área equivalente a 142 campos de futebol.

Fonte: www.g1.globo.com