No próximo dia 24 a nossa querida cidade dos morangos completará seus 352 anos de história e, para celebrar a data, a prefeitura municipal preparou uma festa recheada de atrações musicais de alto calibre (como não pode faltar em nenhuma boa festa), contanto com nomes como Eduardo Costa, Thiaguinho, Titãs e Paula Lima em quatro dias de atrações para diversos gostos.

No entanto, além do clima de festa, o aniversário é também sempre um bom momento para a reflexão, de pensar no que passou e no que pode ser melhorado para o novo ano que se inicia, e o aniversário de nossa cidade não pode ser diferente. A música e a cultura em geral são sempre lembradas e reverenciadas em momentos como este de comemoração, mas será que, quando as luzes do parabéns voltarem a se acender, teremos lugares para continuar a festa?

Muitos de nossos patrimônios culturais e importantes pontos de difusão estão fechados à nossa população, que não necessita de arte somente em datas comemorativas, mas sim todo o ano. Os moradores têm feito a sua parte, por meio de grupos como o Coletivo Abraço Cultural, que iniciou um trabalho de união em prol da reativação de importantes pontos de cultura de nossa cidade, como o Itá Cultural, fechado há mais de uma década, o Casarão Júlia Ferraz, que quer voltar a se tornar um polo cultural do coração de nossa cidade e precisa urgentemente de reformas e revitalização, e a Casa de Cultura Jandyra Massoni. Este movimento de conscientização do valor histórico destes patrimônios pode ser sim comemorado, e a nós, artistas, cabe endossar esta luta por mais espaços dedicados à arte em nossa cidade e que estes sirvam a todos de maneira democrática e aberta, e que o mesmo aconteça com os lugares que já estão funcionando atualmente.

Há ainda um longo caminho pela frente, não temos dúvidas disso. Esta jovem cidade, que carrega muitas histórias de deixar qualquer senhora com inveja, ainda carece de amadurecimento em muitas áreas. Resta a nós, no entanto, um olhar otimista pelo que pode estar por vir e que, no próximo ano, a festa dos grandes artistas da mídia seja a coroação de uma cidade de cultura viva, pulsante e democrática, que pode comemorar o ano inteiro. Parabéns, Atibaia!

Por: Flávio Rodrigues